Curiosidade fóssil: Tigre Dente de Sabre



Você sabia que os tigres-de-dente-de-sabre podiam usar seus enormes ​​dentes caninos como armas mortais para perfurar os crânios de seus rivais?

É o que indica um trabalho recente que analisa dois crânios de Smilodon, o gênero da espécie de tigre-de-dente-de-sabre, liderado por uma equipe de pesquisadores argentinos do pesquisador Nicolás Chimento.⁣

Já se suspeitava que os felinos do gênero usavam seus enormes caninos (que podiam atingir até 28 cm de comprimento) para abater suas presas, muito provavelmente atacando a garganta da presa. ⁣

Mas alguns pesquisadores argumentaram que os dentes eram muito finos e frágeis para perfurar os ossos sem quebrar.⁣

Enormes furos na parte superior de crânios fósseis combinam com o tamanho e a forma dos caninos dos tigres-de-dente-de-sabre, relatam os pesquisadores na edição de maio de 2019 da revista Compend Rendus Palevol. De acordo com os autores, ferimentos semelhantes às vezes são vistos em leopardos, onças e chitas - parentes viventes de Smilodon.⁣

Segundo Chimento, os caninos de Smilodon eram fortes o suficiente para penetrar ossos. As lesões do crânio provavelmente foram feitas durante brigas enquanto estes animais lutavam por territorialidade, fêmeas ou comida.⁣

O gênero tem registro fóssil para a América do Sul e do Norte entre 700.000 anos e 11.000 anos atrás, durante o Pleistoceno. ⁣

Adaptado de: https://ciencianautas.com/fosseis-revelam-que-tigres-de-dente-de-sabre-eram-capazes-de-perfurar-os-cranios-dos-rivais/⁣